Buscar

ARCA-AMASERRA propõe a criação de um parque estadual na região de Macacos

Um parque estadual localizado entre o distrito de São Sebastião das Águas Claras

(Macacos) e a Estação Ecológica de Fechos, com uma área total de quase 230

hectares, recoberta por mata atlântica, canga, campos e cerrado. Um sonho que

poderá se concretizar!


Seus objetivos são o reforço dos corredores ecológicos ao sul de Belo Horizonte, a

melhoria da proteção das águas e da cobertura vegetal na região e – talvez o mais

urgente de todos – a revitalização turística de Macacos, fortemente atingido pelo temor

do rompimento das barragens situadas acima do povoado.

Porque um parque?


A criação de um novo parque estadual, ao invés da simples ampliação da Estação

Ecológica de Fechos, como tem sido cogitado, permitiria agregar um importante


objetivo a esse esforço: o incentivo ao turismo na região. Isto porque as estações

ecológicas não podem ser visitadas, sendo a categoria mais restritiva de unidade de

conservação. A figura do parque, ao contrário, permite conciliar a preservação

ambiental com a visitação.


Assim sendo, a ARCA-AMASERRA defende que um parque estadual seria um

importante elemento para a recuperação da economia do povoado de Macacos,

baseada no turismo e fortemente atingida pelo temor em relação às barragens da

região.


Poluição e impactos em Fechos

Segundo a coordenadora do Subcomitê de Bacia Hidrográfica Águas da Moeda,

Simone Bottrel, parte do esgoto gerado na região do Jardim Canadá é lançado

clandestinamente dentro da Estação Ecológica de Fechos. A outra parte é recolhida

pela COPASA e segue para uma estação de tratamento, que já não comporta mais o

volume de efluentes para o qual ela foi planejada.


A COPASA promete, há anos, uma solução para esse grave problema, que seria a

construção de uma estação elevatória capaz de encaminhar o esgoto para uma

estação de tratamento em Belo Horizonte. Da mesma forma, a prefeitura de Nova

Lima promete obrigar os moradores a ligarem seus esgotos na rede coletora. Uma

novela antiga.


Projeto “Fechos eu Cuido”

Demandado e realizado pelo Subcomitê de Bacia Hidrográfica Águas da Moeda e pelo

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, o Projeto “Fechos eu cuido” prevê

ações de comunicação e de mobilização social em torno da importância da região do

entorno da Estação de Fechos.


Já foram promovidos pelo projeto dois fóruns técnicos, e agora está prevista a

realização de uma audiência pública na Assembleia Legislativa.


A deputada estadual Ana Paula Siqueira (Rede) requereu o desarquivamento do PL

444/2015, que trata da ampliação da Estação Ecológica de Fechos. Ela também se

colocou à disposição para buscar melhorias no texto e promover a sua aprovação no

Legislativo, contemplando as expectativa dos moradores da região.

Posts recentes

Ver tudo

O futuro de Brumadinho

Durante a audiência pública promovida pela ARCA AMASERRA no dia 13 de março, na Câmara Municipal de Brumadinho, foram debatidas temáticas relacionadas com a recuperação das áreas atingidas e degradada

Entrevista

Germano Luiz Gomes Vieira, Secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais. 1) Como o Estado pretende garantir a segurança da população, considerando as dezenas de

Conheça os serviços prestados pela ARCA-AMASERRA

Execução de reabilitação de matas ciliares e revegetação de áreas degradadas; Mapeamento, manutenção, sinalização e recuperação de trilhas. VISITAS GUIADAS SERRA DA CALÇADA. Caminhadas para equipes de